FAQ

Qual o papel do assessor de imprensa?

O assessor de imprensa é um personagem importante que faz a ponte entre a sua empresa/produto/marca com a imprensa e, consequentemente, com o seu público-alvo.

A função deste profissional vai além de elaborar releases (textos sugestivos) e enviá-los à imprensa. Sua posição como representante de uma empresa faz com que ele seja capaz de identificar notícias factuais para inserir o seu cliente em matérias, fonte para entrevistas, artigos especializados, produtos, etc., ou seja, mais do que um conhecedor da empresa ele deve estar antenado as notícias cotidianas.

Além disso, o assessor de imprensa deve constantemente trabalhar em conjunto com as demais áreas de comunicação de uma instituição (marketing, publicidade, relações públicas) para que o projeto de assessoria de imprensa e as estratégias adotadas tragam resultados positivos para todas as ações desenvolvidas.


O que são releases?

Releases nada mais são do que textos informativos escritos com linguagem jornalística, com o objetivo de apresentar sua empresa/marca/produto/serviço à imprensa.  Pode-se afirmar que os releases são uma forma de publicidade, pois sua função é “vender” a ideia para o jornalista para uma matéria específica.

Entretanto, não há um padrão de texto a ser seguido, visto que depende da editoria jornalística que será trabalhada.

Por exemplo: Uma empresa especializada em moda  – é certo que o assessor de imprensa irá redigir o release que esteja de acordo com as tendências de moda no país, sugerindo os produtos para produção em revistas, jornais, sites, televisão, etc.

Mas o mercado jornalístico é mais amplo do que isso, nada impede que seja elaborado outro release falando sobre o crescimento da empresa, suas exportações, abertura de filiais, situações que abrangem editorias de economia, negócios, empreendedorismo, entre outras.

Ou seja, este gancho, que deve ser percebido pelo assessor de imprensa, abre portas para a empresa ampliando o poder de credibilidade e visibilidade frente aos concorrentes.


Como elaborar um release com qualidade?

O release precisa ser sucinto, claro, e com informações voltadas para as editorias jornalísticas que o assessor de imprensa deseja atingir.

Entretanto, é importante pensar não apenas no jornalista que irá receber o material, mas em seus leitores, ou seja, no público final. Afinal, de nada adianta um release bem escrito, com palavras difíceis se o público alvo daquela publicação não está preocupado com isso. Sendo assim, o release é bem escrito quando consegue transmitir a informação de forma que atraia o jornalista para realizar uma matéria sobre determinado assunto.

Além disso, graças à tecnologia, o assessor de imprensa deve estar atento às novidades do mercado, principalmente em relação ao marketing digital, ou melhor dizendo, às ferramentas de busca Online, como o Google. Hoje já é possível produzir um release levando em consideração os “desejos do Google”, o que, consequentemente, melhora a posição da empresa cliente nas páginas de busca. Isto é feito mediante estratégias, como palavras-chaves mais buscadas, título do release, link para o site do cliente, redes sociais, blogs, entre outras que garantem resultados efetivos.


O que são clipagens?

Clipagens são todas as matérias geradas na imprensa em virtude do trabalho realizado pela assessoria de imprensa. Elas englobam desde blogs, sites, jornais e revistas, até programas de rádio e televisão.

Coletar as informações que foram veiculadas pela imprensa é função da assessoria de imprensa, que deve montar um relatório das atividades desenvolvidas mensalmente para seu cliente.

Entretanto, as clipagens de programas de televisão e rádio, geralmente são feitas por empresas conhecidas como clipadoras, que cobram por este serviço, ou seja, se for de desejo do cliente pode solicitar a matéria, mas o valor será cobrado à parte. As assessorias de imprensa possuem vários contatos com clipadoras.

Ter acesso a todas as clipagens é fundamental para o cliente, que deve disponibilizar estes materiais em seu site, newsletter e redes sociais, pois como as matérias veiculadas são de conteúdo espontâneo, isto amplia o portfólio da empresa, podendo ser usado como argumento na prospecção de novos clientes.


Como escolher uma assessoria de imprensa?
Toggle 4 content goes here.

Qual a importância da assessoria de imprensa no marketing digital?

Atualmente, o marketing digital é uma das mais poderosas ferramentas de divulgação de uma empresa. Afinal, seus possíveis clientes não têm seu cartão de visita e certamente quando precisar de serviços e produtos oferecidos pela sua empresa irão utilizar os sites de busca. Sendo assim, hoje existe no mercado um conceito de jornalismo conhecido como SEO (Search Engine Optimization) para Jornalistas. Profissionais da área especializados neste conceito colaboram para a visibilidade dentro de sites como o Google.

Em suma, o trabalho de Jornalistas especializados em SEO é desenvolver o conteúdo de releases e sites que estejam de acordo com os “desejos” dos buscadores online, utilizando palavras-chave pertinentes ao mercado de atuação, aplicando o conceito da cauda longa (palavras chaves mais específicas), criando títulos compatíveis, inserção de links, entre outros.

O trabalho de marketing digital é muito mais que links patrocinados no Google, redes sociais bem aplicadas, o conteúdo é a palavra rei destes mecanismos, por isso sites bem estruturados, atualizados constantemente, com informações relevantes e interessantes ao seu público alvo.


Quanto custa uma assessoria de imprensa?

O valor de uma assessoria de imprensa varia muito. Depende do tipo de trabalho, local de divulgação (municipal, estadual e nacional). O que inclui no contrato, ou seja, desconfie das agências que forneça um orçamento antes mesmo de uma primeira reunião para que seja identificada as necessidades da empresa e o desejo dela perante à mídia. Cada caso é um caso.

Além disso, a maioria das assessorias de imprensa trabalham com contratos de 6 meses no mínimo, isto porque os resultados deste serviço são percebidos em médio e longo prazo, lembrando sempre que a função de um assessor de imprensa é trazer visibilidade e credibilidade a um produto, serviço, marca e empresa, ou seja 4 pilares de sustentação indispensáveis para o êxito.

Outro ponto que merece destaque neste tópico é de nada adianta investir em assessoria de imprensa se não houver o consenso de que a sua empresa precisa se tornar conhecida no mercado não apenas para os seus novos clientes, mas também como ferramenta poderosa para fidelizar os clientes atuais. Sendo assim, usar as publicações como estratégia de vendas, elaboração de e-mail marketing e atualização do site são pontos fundamentais.


Assessoria de Imprensa interna ou externa?

Tanto faz. Depende do tipo de trabalho e controle que a empresa pretende ter a respeito do trabalho realizado. Optar pelo serviço terceirizado de assessoria de imprensa tem se revelado mais vantajoso, seja em qualidade do trabalho ou em custos operacionais (funcionário, conta de telefone, celular, mailings de jornalistas, entre outros). Quando uma empresa contrata uma assessoria de imprensa externa ela está livre destes gastos, não sendo responsável pelo pagamento destas despesas.

Além disso, também é possível acompanhar o resultado do trabalho. Visto que uma agência que presta serviços com qualidade mantém seu cliente informado constantemente de todas as ações, desde a aprovação do release, pautas, gerenciamento de entrevistas, clipagens e envio de relatórios de atividades.


Tenho uma pequena empresa, posso ter uma assessoria de imprensa?

Para as pequenas empresas que ainda não são conhecidas no mercado ter uma assessoria de imprensa é fundamental para conquistar clientela, tornar sua marca/serviço/produto conhecido no mercado. Além disso, as publicações conquistadas por meio deste trabalho será um dos fatores predominantes para ganhar a confiança no mercado.


Qual a diferença entre agência de comunicação, relações públicas e assessoria de imprensa?

Agência de comunicação geralmente cuida da imagem da empresa perante seus funcionários e colaboradores, desenvolve campanhas internas, informativos, jornais, revistas, etc. Relações públicas se responsabiliza pela comunicação integrada da organização com os mais diversos públicos. Para isso usará diversos instrumentos e canais de comunicação como, jornais, revistas, boletins. E eventos, por exemplo, seminários e reuniões. Já a assessoria de imprensa tem como principal tarefa tratar da gestão do relacionamento entre uma pessoa física, entidade, empresa ou órgão público e a imprensa. Utilizar o trabalho de uma assessoria é uma forma de conquistar cobertura editorial (reportagens, notas em colunas, etc.) na mídia com apelo noticioso e não comercial.


Marketing é a mesma coisa que assessoria de imprensa?

Marketing e assessoria não são a mesma coisa. Pois Marketing tem a venda como finalidade e possui ações ligadas com mensagens publicitárias pagas. Já a assessoria de imprensa trata da gestão do relacionamento entre o cliente e a imprensa.


Todo material preparado pela assessoria de imprensa é publicado pela mídia?

A mídia não é obrigada a publicar nenhuma informação enviada pela assessoria. Mas se a assessoria de imprensa divulga um bom release pode despertar o interesse da mídia fazendo com que o texto seja publicado e até se torne uma sugestão de pauta para uma matéria mais longa.